quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

MELHOR VER O CÉU NUBLADO DO QUE ENSOLARADO E SE APAIXONAR PELO SOL

Gostaria de te dizer coisas belas, mas não posso mais.
Pois o que tínhamos de bonito ficou pra trás.
E o tempo não volta pra nenhum reparo.
Os acertos passam e os erros custam caro.
Mas também, muito tempo se passou.
E o que era brasa, virou cinza, e talvez se apagou.
Não posso sequer lamentar.
Nem posso reviver, mas posso recordar.
As lembranças têm personagens, mas não tem dono.
Tenho-as com a mesma pessoa, mesmo em sono.
Fazer o quê? Se não podemos controlar alguns pensamentos?
Podemos sim, tentar desviá-los em alguns momentos.
Mas é difícil, quando é de algo que foi marcante.
Pode ser fácil, quando é sobre algo irrelevante.
Como alguém que você fica por alguns instantes.
E vive momentos que jamais serão importantes.
Podem se tornar, a princípio, prazerosos.
Mas nunca serão preciosos.
Apagar-se-ão da mente como poeira ao vento.
Talvez até nos faça se arrepender em algum momento.
Já passei por várias situações assim.
De estar com quem não gostava e que não gostava de mim.
De algumas nem sequer lembro o rosto.
Do sexo então, nem me lembro do gosto.
E isso é mau, muito mau!
Não lembrar-me de quem sentou no meu banco.
Sendo que quando amei, me lembro completamente.
De quem se deitou comigo e me amou loucamente.
Lembro do olhar doce dirigido à mim.
Ainda recordo o prazer sem fim.
Depois o aconchego dos corpos cansados.   
Os beijos de língua de dois apaixonados.
Lembro timtim por timtim.
E lembro que fui culpado disso ter fim.
Mas cada um colhe o que planta.
Caiu? Sacode a poeira e levanta.
O tempo castiga, mas não enterra.
Siga adiante, senão a vida emperra.
Pode ser que nosso caminho seja uma reta.
E o que acabou foi sim, da forma correta.
Ou pode ser que nosso caminho seja um círculo.
E que uma pausa ocorreu em nosso vínculo.
Nunca se sabe o que Deus nos planeja.
Talvez ele ouça o que a gente deseja.
Vamos deixar o vento nos levar.
E vamos ver como tudo vai acabar.
Que eu encontre outro encanto nos olhos como o seu.
Que você seja feliz é um desejo meu.
Obrigado por tudo que nós juntos passamos.
Durante o ano que sim, nos amamos.
Por mais que nunca tenhamos dito claramente.
Estava no olhar, no toque e na mente.
Cuide-se meu anjo, minha amiga.
Se um dia estiver triste, me liga.

Nenhum comentário: